31 julho 2012

Olímpicos de 2012 reina a mascote em Nova Ordem Mundial



Há algo muito inquietante sobre o novo mascote olímpica de 2012. Se você está procurando mais um sinal das mudanças que virão em 2012, encorajo-vos a ler.
O Olho Que Tudo Vê, também conhecido como o olho widget ou "Olho de Hórus" vem de antigos hieróglifos egípcios. Os egípcios viram esse símbolo como uma representação do seu Deus, que eles acreditavam que vai trazer "Ordo ab Chao" ou "Ordem do Caos". Os maçons mais tarde adotado este símbolo único olho assim como seu grupo de extrema colegas elitistas conhecido como A Ordem Secreta dos Illuminati. É uma parte predominante da sua arte e arquitetura em todo o mundo, e um lembrete consciente de seus objetivos finais.
A ordem secreta dos Illuminati também é anti-religiosa e organização que acredita que a nossa própria existência gira em torno de um grande arquiteto do universo. Eles acreditam que esse Deus percebido usa um sistema cuidadosamente orquestrada de pesos, medidas precisas e geometria para definir o equilíbrio, dando continuidade a vida e poder supremo.Os antigos egípcios, assim como os antigos maias também compartilhou desta opinião, representado por sua capacidade extraordinária de tanta precisão construir as suas pirâmides em harmonia com o universo. Como resultado, os Illuminati também adotou o simbolismo da pirâmide e usá-lo como uma forma de iniciação na sua organização exclusiva.





Estes símbolos adotados estão em vigor desde o início dos anos 1700 e que representou claramente o desejo dos Illuminati para alcançar o poder supremo e domínio eminente em todo o planeta. Embora o Olho Que Tudo Vê e representações da pirâmide pode ser visto em todo o mundo, o simbolismo combinado nunca foi tão prevalente como aparece no selo do lado inverso da Unidos Estados um dólar conta. Este selo foi aprovado e posto em prática por um grupo de elite de eleitos figuras políticas que também eram membros da Illuminati. O único olho sobre uma pirâmide inacabada é um sinal Diga-conto de seu desejo de trazer uma Nova Ordem Mundial em uma época de mudança chegando como previsto e anunciado pelos maias antigos.
Na sua interpretação mais simples, o selo representa o Olho Que Tudo Vê iluminando a pedra angular da pirâmide, que paira sobre uma pirâmide inacabada que tem 13 etapas. Os Illuminati acreditam que depois de ter completado os 13 passos da ascensão, a pedra angular pode ser posta em prática no topo da pirâmide, significando o início de uma Nova Ordem Mundial . Essa ascensão de 13 etapas, também é significativa no que se refere ao calendário Longa Contagem Maia. Seu calendário progride continuamente através de uma série de 5.125 anos-ciclos de saber como baktuns. Como cada ciclos ktun ba através, do mundo, foi recebido com turbulência crescente. O baktun 13 e final em breve chegará a um fim abrupto em 21 de dezembro de 2012 e vai trazer uma mudança olha para o nosso atual nível de compreensão.
Essa ascensão lenta e constante para a mudança que vem tem sido milhares de anos em formação. No entanto, ao longo dos últimos cem anos ou mais, vimos um rápido aumento em sua progressão. O mais notável é a capacidade do governo de instituir o caos auto-imposto ea necessidade de intervenção do governo. Os poderes que de todo o mundo criaram um sistema de governar iniciativas cuidadosamente projetados para garantir a sua participação relutante. Ao longo dos próximos dois anos, você quer de boa vontade se tornar dependente da progressiva Nova Ordem Mundial , ou você vai ser tributado em sua apresentação. No momento em que atingir a data de não retorno em 21 de dezembro de 2012, estaremos insistindo que os governos do mundo intervir e colocar ordem no caos que eles próprios tão habilmente trabalhada. Para alcançar seu objetivo de um governo mundial, eles estão agora e vai continuar a usar técnicas de escassos, tais como manipulação econômica, advertências ambientais, bem como a agitação social e política. Eles vão utilizar tecnologias modernas, como a Internet e meios principais do córrego, e instituir campanhas de marketing cuidadosamente planejadas destinadas a continuar a manipular a população, já receptivo. O que me leva ao seguinte. . .
Olympic Games traz o mundo junto com o espírito de unidade e de paz e é o local perfeito para conquistar a atenção de um grande número de pessoas. Os arquitetos da proposta da Nova Ordem Mundial reconhecer claramente os sinais de mudança que vem e tenho toda a intenção de explorar a situação. Que melhor maneira de incutir um sentido unificado de confiança, em seguida, com um ícone não ameaçador amável.
O InternacionalOlímpico Comissão no que parece ser uma associação com a Ordem Secreta da Illuminati introduziu agora o mascote oficial para 2012olímpicos jogos .Como você olhar para os Teletubbies inspirados criatura, sua atenção é imediatamente atraído para a representação whimsical do Olho Que Tudo Vê. O olho é coroado com o que parece ser a pedra angular da pirâmide inacabada indicando ascensão completa.Dentro da pedra angular é a letra "W", que poderia muito bem representar a palavra "World".
O 2012 mascote olímpico chamado Wenlock junto com seu amigo mascote Paraolímpicos chamado Mandeville são quase assustador pelo design. Especialmente quando você considerar o que poderia muito bem ser o seu propósito real.

30 julho 2012

OS ILLUMINATIS DAS OLIMPÍADAS DE LONDRES

Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno. 
1 João 5:19

Bom dia 
segunda feira 30 de julho de 2012


Segundo pesquisas que fiz as olimpíadas de Londres são consagradas totalmente para os illuminatis desde o simbolo até o mascote , e agora em minhas pesquisas todos os símbolos estão ai  :
Bola oficial de futebol das Olimpíadas de Londres tem pirâmide illuminati em seu desenho


 A bola oficial dos jogos olímpicos na modalidade futebol os jogos olímpicos que ocorrerão no meio do ano. Na bola podemos notar a imagem de uma pirâmide, e dentro o ano de 2012.Porém, muitos acreditam que essa alusão a 2012 é puro engodo, acreditam que as inicias escritas distorcidas que remetem ao ano de 2012, é o termo zion, “Sião” fazendo alusão a cidade judaica. Mensagem subliminar? Sim, visto que há inúmeros documentários discorrendo desse mesmo ponto de vista, que Londres oculta o logo sionista através das simbologias illuminati.

  • Vejas as imagem abaixo e tire as suas conclusões:


 


  
  • Os mascotes dos jogos olímpicos de Londres 2012 apenas tem um olho. Sem duvida fazendo apologia ao o olho de Hórus, o olho que tudo vê, sobre os olhares de Lúcifer.





  • Até os holofotes de algum estádios não escaparam da influência  illuminati veja em forma de pirâmides os holofote conforme a imagem nos mostra.




Assita o vídeo abaixo que explica de maneira detalhada os objetivos sombrios dos jogos olímpicos de Londres 2012.


Video sobre o caso, as legendas estão em espanhol:


VEJA MAIS ESSA:

Jogos Olímpicos 2012 : Próximo ataque de falsa-bandeira ?

27-06-2012 23:28
Jornalista infiltrado numa empresa responsável pela segurança dos Jogos Olímpicos faz revelações extraordinárias.
Segue a tradução do artigo da infowars relativo a este caso mal conhecido que tem causado grande impato no mundo alternativo mas, infelizmente, tem sido ignorado pelos meios de comunicação de massas. O negrito é da minha responsabilidade.
" Um jornalista disfarçado com o pseudónimo "Lee Hazledean ' fez revelações surpreendentes sobre a maneira como se infiltrou na G4S - empresa privada responsável pela segurança nos Jogos Olímpicos de Londres - e descobriu os planos chocantes para a evacuação de Londres e a existência de 200.000 "casket linings" (NT- caixões temporários),bem como falhas nas medidas de segurança que deixam os jogos vulneráveis a um ataque.

entrevista de Hazledean com Tony Gosling, editor e apresentador do Bilderberg.org e anfitrião do programa da BCFM "Friday Drivetime", foi viral na web ao longo dos últimos dias. Hazledean é um jornalista disfarçado (NT - "undercover journalist") de um programa de televisão em Londres que já trabalhou com agências noticiosas em temas de grande impato, mas quando se aproximou dos principais meios de comunicação com a sua história bombástica, estes não mostraram nenhum interesse.
Quando Hazledean perguntou a Andy Davies, Correspondente de Assuntos Internos do Channel 4, se este iria correr a história, Davies respondeu que não estava interessado e dias depois o Channel 4 passou uma "puff piece" (NT - peça jornalística destinada a dar uma imagem "limpa" de algum assunto procurando minimizar a controvérsia) que retratava a G4S como uma organização competente e séria.
"Mandei um e-mail, liguei-lhe, ele não estava interessado e disse que há um "media blackout" (NT - recusa dos meios de comunicação mais importantes em relatar a notícia) sobre este tipo de história, pelo que ninguém estaria interessado em divulgá-la", disse Hazledean.

Na entrevista, Hazledean revela que bastou o preenchimento de um formulário de aplicação para conseguir emprego na G4S, a empresa privada que presta segurança para a Olimpíada, e que não passou por nenhuma verificação de antecedentes e que suas referências pessoais não foram verificadas.

Os empregados recebem apenas dois dias de treino para executar checkpoints do estilo de um aeroporto, que incluem scanners corporais, que Hazledean disse "serem completamente desligados" nos horários de pico, ou seja, os terroristas poderiam simplesmente entrar no evento com munições ou explosivos com uma elevada probabilidade de não serem detetados.

"Na verdade, fui convidado para ser um candidato a terrorista no último dia de treino e foi-me dada uma faca, uma arma e um IED (NT - explosivo improvisado), e em todas as três ocasiões passei pelo detector de metais e também através do scanner da máquina de raios-X ", disse Hazledean, acrescentando que os terroristas poderiam facilmente criar  um "massacre", dada a natureza negligente da segurança.
"Eles não estão a treiná-los corretamente ... estão muito expostos a um ataque terrorista que seria feito com grande facilidade e eu não digo isto com leveza", disse Hazledean, acrescentando que testemunhou membros da G4S a fazerem tráfico de droga enquanto decorriam as aulas de treino, enquanto outros tiravam fotos de vigilância de áreas supostamente seguras com os seus telemóveis (NT - "celulares" para os leitores brasileiros). Hazledean disse que uma grande parte do pessoal da segurança era pouco qualificado e que muitos deles mal sabiam falar inglês.

Hazledean também revelou como o grande contingente de soldados que estavam a ser levados para Londres para os Jogos Olímpicos incluem "um grande número de tropas da ONU que seriam colocadas no interior e ao redor de Londres", incluindo tropas americanas e alemãs.

Hazledean também revelou que uniformes da G4S estavam a ser dados a pessoal não autorizado e alguns tinham sido roubados.

 A revelação mais arrepiante de Hazledean foi como tomou conhecimento sobre os preparativos para a evacuação de Londres e como, "Os guardas de segurança utilizados para as Olimpíadas vão estar na frente das operações na retirada do público de Londres."

"Eles parecem muito sérios acerca disso, passaram muito tempo a trabalhar nisso", disse Hazledean, notando como o G4S passou duas horas a falar sobre a evacuação de Londres, em comparação com apenas meia hora a falar sobre os procedimentos de segurança da Olimpíada em si.

O denunciante (NT- "whistleblower") também observou que os mais de 100.000 soldados que seriam estacionados em Londres durante as Olimpíadas seriam suficientes para realizar uma evacuação em larga escala.

Outra faceta assustadora que Hazledean descobriu foi que 200.000 "casket linings" (caixões temporários) estavam a ser enviados para Londres, tendo cada um a capacidade para armazenar quatro corpos . O denunciante expressou o seu espanto pelo facto de guardas de segurança que trabalham em procedimentos mundanos de triagem precisarem de saber esse tipo de informações.

Hazledean também revelou como foi informado que drones (NT- aviões não tripulados) "Predator" iriam voar sobre Londres, em preparação para ataques terroristas, e que foi mostrado aos funcionários da G4S um vídeo de um drone a matar um grupo de pessoas no Afeganistão.

Hazledean observou como os líderes da G4S encaravam o público como "a escória da terra" e também diziam aos seus funcionários que a polícia não tinha nenhuma autoridade sobre eles. Também relatou como um dos líderes da organização lhe disse que um evento após os Jogos Olímpicos seria um "momento decisivo" para Londres, mas quando pressionado, se recusou a divulgar o que queria dizer.

Hazledean não é o primeiro a denunciar a G4S. No início deste mês, a funcionária (NT - "data input clerk" no original) Sarah Hubble revelou que foi demitida pela G4S depois de reclamar que a organização estava a negligenciar os seus preparativos de segurança para os Jogos Olímpicos...

Falando com a Infowars, Hazledean disse que estava a fazer planos de contingência para o caso de ser ameaçado de morte ou de se tornar (doutra forma) um alvo das autoridades.
Quando lhe foi perguntado sobre um "meme" que circula na internet em que teorias da conspiração sobre um ataque de falsa-bandeira nos Jogos Olímpicos estão a ser deliberadamente encorajadas para dar a ideia que os "truthers" (NT - indivíduos que não acreditam nas versões oficiais de acontecimentos como, por exemplo, o 11 de Setembro) são paranóicos se nada acontecer, Hazledean salientou que a mera divulgação da história era necessária pois poderia impedir qualquer ataque planeado."

Comentário: Se as informações de Hazledean forem corretas é provável que um ataque de falsa-bandeira de grandes dimensões esteja a ser preparado (ou estava ... se acreditarmos no efeito preventivo da divulgação da informação) para os Jogos Olímpicos de Londres.  Alguns acreditam que esse atentado envolverá o uso de armas nucleares e/ou químicas e biológicas.O número de baixas desse atentado poderia atingir as dezenas ou centenas de milhares de mortos. Num documento datado de Maio de 2010 da Fundação Rockefeller intitulado " Scenarios for the Future of Technology and International Development" (Cenários para o Futuro da Tecnologia e do Desenvolvimento Internacional ) um dos cenários para o futuro envolve um atentado nos Jogos Olímpicos de 2012 que causaria mais de dez mil mortos.


Ler mais: http://rev-fin.webnode.pt/news/jogos-olimpicos-2012-proximo-ataque-de-falsa-bandeira-/
Crie o seu website grátis: http://www.webnode.com.pt

27 julho 2012

Cientologia: destinada para destruir a vida de Tom Cruise, diz bisneto de fundador


O bisneto do fundador da polêmica igreja Cientologia, conhecida por seus seguidores famosos e por conter segredos, acusou a igreja de destruir sua família assim como a de Tom Cruise.


Em entrevista ao CBS 5, Jamie DeWolf disse que acredita que a igreja foi a responsável pela destruição de sua família e refere-se ao seu bisavô, fundador da Cientologia, L.Ron Hubbard, como “ruivo carismático vigarista, autor de auto-ajuda de pseudociência”.
A mãe e o avô de Jamie saíram da igreja depois de vivenciar a alegada “destruição da família”. O avô de Jamie, teve que mudar de nome depois de sua saída e sua mãe já não falava sobre a igreja. “Ela [a igreja] destruiu e consumiu tanto seu avô [de sua mãe] quanto o seu pai”, disse Jamie.
Para Jamie, Tom Cruise é outra vítima da "miragem" que seu avô criou com a igreja. “Tom Cruise é outra vítima da miragem que meu bisavó criou ao redor de si mesmo”, afirmou.
Ele afirma que Katie provavelmente se horrorizou ao descobrir mais sobre a igreja intrigante. “Quanto mais (Katie Homes) via por trás das cortinas mais horrorizada ele ficou provavelmente.”
Tom Cruise e Katie Holmes anunciaram a separação no dia 29 de junho. Segundo informações da mídia, Katie tomou a decisão por entre outras coisas temer que Cruise levasse a filha Suri para a sua religião, da qual ela não era adepta.

Relatos de perseguição de ex-membros entre outros segredos e verdades comprometedoras envolvendo a Cientologia foram divulgados, depois da separação de Tom Cruise com Katie Holmes.
O próprio Jamie, que jamais encontrou seu avô, disse que foi perseguido depois de fazer uma performance artística baseada em L. Ron Hubbard e seu filho, performance da qual o vídeo se tornou viral no Youtube.
A igreja não aceitou fazer entrevista com a emissora CBS3, afirmando apenas que o Sr. DeWolf não tem conhecimento sobre a igreja e seu fundador.

25 julho 2012

Matei 400 búfalos em ritual de magia para absolver Color


"Matei 400 búfalos para absolvê-lo (Color) no STF", afirma Homossexual "Pai-de-Santo."


Coluna - Brasil Confidencial
Revista ISTOÉ - 23/07/2012
por Cláudio Dantas Sequeira
Trabalho de Hércules

Sem força política, o ministro do Trabalho, Brizola Neto, vem mostrando enorme submissão aos desejos do deputado Paulinho da Força (PDT), que quer transformar o delegado aposentado Eudes Carneiro, denunciado por ISTOÉ, em coordenador da comissão que analisará a concessão de registros sindicais. Seria a mesma coisa que colocar a raposa tomando conta do galinheiro. Tudo atendendo aos interesses do próprio Paulinho, que é candidato a prefeito de São Paulo.

Toma lá dá cá

RALF GENARY, ex-pai de santo de Fernando Collor

ISTOÉ – Rosane Collor mentiu sobre os rituais de magia negra?

Pai Ralf – Mentiu. Depois do impeachment, passei a trabalhar para o casal, que estava insatisfeito com a Maria Cecília. Eu livrei a Rosane do processo da LBA.

ISTOÉ – E que trabalhos o sr. fez para o Collor?

Pai Ralf – Desfiz a macumba que derrubou ele da Presidência, impedi seu suicídio, consegui a absolvição no STF e o mandato de senador. Tudo com ajuda espiritual da entidade Maria Padilha. Sacrifiquei 400 búfalos.

ISTOÉ – A maldição de Collor existe?

Pai Ralf – Sim, mas ele nunca fez trabalho para o mal. Apenas pediu que seus inimigos recebessem de volta o que fizessem contra ele. É a Justiça de Xangô. Agora ele tem dívidas espirituais para pagar.

20 julho 2012

Filme diabólico do batmam - 12 mortos em cinema


Tiroteio em cinema dos Estados Unidos deixa 12 mortos e 50 feridos

Um homem armado utilizando máscara de gás e colete à prova de balas abriu fogo em uma sessão de estreia de "Batman"fonte jornal zero hora rs 

Tiroteio em cinema dos Estados Unidos deixa 12 mortos e 50 feridos Karl Gehring, AP/
Apavorados, espectadores deixaram o cinema às pressas e os feridos foram levados em carros particulares aos hospitais Foto: Karl Gehring, AP
Doze pessoas morreram e 50 ficaram feridas nesta sexta-feira quando um homem armado, utilizando máscara de gás e coletes à prova de balas, abriu fogo em uma sessão de estreia de "Batman", na cidade americana de Aurora, região metropolitana de Denver, Colorado. Inicialmente, a polícia divulgou que haveria 14 mortos, mas a informação atual é de o número de vítimas seja 12.
Um homem, próximo dos 20 anos, portando três armas, foi preso suspeito de ser o autor dos disparos, realizados contra uma sala lotada, que assistia à primeira sessão de "O cavaleiro das trevas ressurge", a meia-noite, último filme da trilogia do Batman e que era esperado ansiosamente por milhares de fãs.
O ataque foi iniciado durante uma cena de tiroteio do filme, o que aumentou a confusão e o pânico geral, de acordo com testemunhas entrevistadas pela imprensa.
— Nós continuamos a assistir o filme por um momento — disse à ABC uma testemunha, identificada apenas como Jack.
Em seguida, após se darem conta que os tiros eram reais, "todos entraram em pânico". As pessoas começaram a correr em direção a saída do cinema enquanto os policiais chegavam ao local e gritavam "abaixem-se", segundo uma outra testemunha, Banjamin Fernandez, de 30 anos, citado pelo Denver Post.
Segundo Dan Oates, chefe da polícia de Aurora, 10 pessoas morreram na sala de exibição e quatro, no hospital. Outras 50 teriam sofrido ferimentos leves e foram atendidas pelos hospitais próximos ao local da tragédia.


O chefe de polícia de Aurora, Daniel Oates, informou que um suspeito já estava sob custódia

Segundo Oates, testemunhas indicaram que o atirador lançou o que poderia ser uma bomba de gás lacrimogêneo ou de fumaça.
— Eles escutaram um assobio, depois uma espécie de gás surgiu e o atirador abriu fogo — explicou.
O atirador utilizava um colete à prova de balas e estava munido com um rifle e duas pistolas.
Segundo a KDVR (rede de TV local), o tiroteio teria sido realizado em diferentes salas de cinema por dois homens armados. Mas Oates negou a afirmação e disse não "haver provas" da presença de uma segunda pessoa. Segundo policiais, o suspeito foi preso em um estacionamento atrás do cinema e não ofereceu resistência. O homem já estava sob custódia. O policial indicou que as buscas começaram na casa do suspeito, que disse possuir explosivos em seu apartamento. O prédio foi evacuado.
Mais de 150 policiais atenderam à ocorrência, e contaram com o auxílio do FBI.
Relato
Hayden Miller, que estava no cinema, mas em outra sala, durante o ataque, disse que primeiro pensou se tratar de um filme mais barulhento do que o que via:
— Eram como pequenas explosões e pouco depois escutei gritos das pessoas — relatou Miller.
As vítimas
A polícia não forneceu informações sobre as vítimas, mas o filme (recomendado para maiores de 13 anos nos EUA) atraiu um público majoritariamente adolescente e jovem.
O local
Aurora é um subúrbio de Denver perto do local do tiroteio de 1999 na escola de Columbine, onde 13 pessoas foram mortas a tiros e outras 24 ficaram feridas.
O filme
Muitos cinemas do país organizaram sessões especiais à meia-noite desta sexta-feira para a estreia do filme, que deve arrecadar milhões de dólares em receitas.
A emissora KDVR, afiliada local da rede de televisão Fox, transmitiu na quinta-feira uma reportagem sobre os milhares de fãs, muitas vezes fantasiados de personagens da famosa história em quadrinhos, se preparando para assistir às primeiras 

18 julho 2012

Jovem morre após jogar videogame por 40 horas seguidas



Um jovem de 18 anos morreu após jogar durante 40 horas seguidas o game "Diablo III". Ele havia alugado uma sala privada em um cybercafé deTaiwan, que funciona 24 horas, para jogar on-line. E não parou para comer
De acordo com a agência United Daily News, Chuang alugou a sala na última sexta-feira. Empolgado com a performance, ele decidiu estender o tempo de permanência. 

Uma funcionária do cybercafé encontrou Chuang "dormindo". Ele chegou a se levantar, mas desmaiou logo em seguida. O jovem foi levado a um hospital, mas acabou falecendo. 

Blizzard, fabricante do game, emitiu nota oficial sobre a morte: "A notícia nos entristece. Nossos pêsames aos familiares e aos amigos"

Vício em videogame é uma patologia que se alastra velozmente pela Ásia, principalmente na Coreia do Sul.

16 julho 2012

PR. SAMUEL CÂMARA NÃO RECEBEU NENHUMA CITAÇÃO DA CGADB

a pedido  
A Representação contra o Pr. Samuel Câmara é desespero da oposição com medo da eleição de abril.
 
O Brasil todo esta cansado deste regime de excessão que já dura 25 anos. Enquanto a atual Presidência quer se perpetuar o pastor Samuel sofre perseguição por querer ver a convenção voltar a ser presidida sem reeleição, com alternância e rotatividade entre as regiões. Nestes 25 anos de regime de excessão, com um presidente só, que não vê ninguém em condições de sucede-lo, já poderíamos ter tido 12 presidentes,  3 de cada região do Brasil.
 
Essa é a bandeira do pastor Samuel e os que abraçam este ideal de jamais vê a CGADB, presidida perpetuamente por um homem só, o que desmotiva e mata a esperança das regiões e lideres que podem contribuir para o bem estar de tidos.
Imagine, o Pr Samuel tem dito que quando eleito, renuncia seu direito de reeleição e modilizara o Brasil para uma reforma que defina:
"a mesa diretora da ,inclusive o presidente,  será eleita para um mandato de 2 anos, sem direito à reeleição, respeitando a rotatividade entre as regiões. É disso que estão com medo! É por isso que querem excluir o pastor Samuel, mas não vão conseguir. É pura perseguição eleitoral.
 
Medo de ver a presidência da convenção ser preenchida de modo democrático, rotativo pelas regiões. Isto significa que a cada 10 anos, 5 presidentes, um de cada região exercerão a Presidência da CGADB. Assim era a CGADB antes que o atual presidente mudasse tudo para se perpetuar. Vamos mudar isso e voltar as nossas origens e regatar o direito de eleger presidentes e mesa diretora que a cada eleição honra lideres da igreja em todas regiões.
É a primavera Assembleia! CGADB pra todos 2013!!!
 
IMPORTANTE: Ele não recebeu nenhuma citação, até agora. A divulgação de matérias difamatórias em alguns blogs e sites evangélicos, são PROVAS do desespero da oposição.

12 julho 2012

PREGADORES DA MODA


A moda é pregar a palavra de Deus, confesso que nunca vi tantos pregadores de auditório como hoje, há uma leva de nomes de ministradores, entusiásticos, animadores de cultos que parece um renovo na igreja, mas se olharmos bem vai notar que tudo fica no mesmo.
Pregar a palavra de Deus sempre foi um compromisso uma responsabilidade algo que os pastores se preparavam durante a semana para trazer no domingo, uma palavra para a igreja, durante anos pastores agiram desta forma, JOHN WESLEY, por exemplo, no século dezoito começa uma revolução na maneira de pregar, Martinho Lutero deseja conhecer as verdadeiras palavras de Paulo e não aceitou os erros da igreja, CHARLES FINNEY, DWIGHT LYMAN MOODY, Moody humilde homem de Deus dedicou-se ao evangelho e Um total de quinhentas mil almas ganhas para Cristo, é o cálculo da colheita que Deus fez por intermédio de seu humilde servo. Moody nasceu em cinco de fevereiro de 1837, o sexto filho de nove, numa pobre família do Connecticut, EUA. Sua mãe ficou viúva com os filhos ainda pequenos, o mais velho tinha 12 e ela estava grávida de gêmeos quando o marido morreu. Sua mãe foi uma crente fiel e soube instruir seus filhos no Caminho.
Esses homens e outros mudaram a vida de muitas pessoas através do evangelho deixaram sua marca que é e sempre foi à humildade e sempre exaltaram o verdadeiro sentido da pregação, ganhar almas para Jesus Cristo.
Os tempos passaram e a igreja volta a esquecer de sua doutrina, retorna aos velhos erros e vícios de tempos passados, sabemos que o ser humano gosta de coisas místicas e de mistérios, então hoje estamos lidando com uma classe de pessoas que brincam de inventar maneiras de receber bênçãos de Deus.
O copo com água, por exemplo, houve uma época que em todo programa de certa igreja na tevê o bispo ou pastor pedia para que os telespectadores deixassem um copo com água em cima do aparelho (isso deu o maior lucro para os técnicos em televisores da época) e faziam uma oração e no final diziam bebam o copo com água era um tipo de água ungida, orada, sei lá na verdade é criando artifícios para uma falsa fé.
Não podemos firmar nossa fé em nenhum objeto como copo d’água, rosa ungida, chave da vitoria, cruz de madeira, lenço, toalhinha, sal grosso e tudo que criam para iludir o povo. Veja bem tudo que leva você a crer em algo que você veja passa há não ser uma fé verdadeira, ela passa a ser uma fé natural e pior hoje temos um grande numero de pessoas que tem sua fé na fé de outros que na verdade nossa fé de que ser essa: Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem.
Hebreus 11:1
O texto é de longe o mais limpo possível informando que nossa fé não pode ser firmada em coisas que se veem, cai por terra aqui os artifícios criados pelo homem a fé genuína não precisa dessas bobagens, pois o firme fundamento, ou seja, o alicerce de nossa fé e de coisas que não vemos, vamos um pouco mais longe agora - De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. rm 10:17
É exatamente aqui que eu gostaria de chegar, a fé é pelo ouvir pela palavra de Deus que coisa mais linda essa passagem quer dizer que nossa fé vem de ouvirmos a palavra é claro que se não ouvir a genuína palavra de Deus como ela é vamos criar métodos para chegar à fé, mas não fé verdadeira por isso hoje temos uma leva de crentes sem fé. Estão pregando outro evangelho o da facilidade do receba, do fique curado, da unção do anjo, do grito, mas que na verdade usam a palavra de Deus erroneamente quando pregam.
Pregadores mercenários são esses que vende ao povo uma mensagem velha que pregam a mesma coisa durante anos, repetido mensagens sem acrescentar nada se compra um DVD de uma criatura dessas vocês vai notar que é tipo um teatro da mesma maneira que ele pregou hoje ou ministrou como gostam de falar desta forma, o DVD está igual até as caretas, os gestos, os gritos, a mesma palavra sem mudar exatamente nada, sabe do que eu chamo isso de mana estragado.
Como então pergunto terão fé se a palavra que pregam não tem compromisso com a verdadeira palavra de Deus, tanto é que os animadores de culto estão preocupados em ver a igreja dar gloria a Deus e aleluia, eles agitam o povo de uma forma que quem não conhece pensa que a igreja está recebendo alguma coisa, mas na verdade é agitação da carne é vendendo sua pregação sua imagem seu DVD sua conta bancaria é isso que eles estão pensando.
Quando vão pregar a primeira coisa que eles anunciam é seu material (amados irmãos ao termino deste culto meu material está exposto ali fora da igreja esse DVD aqui é fogo puro quebrei tudo lá nessa igreja a vitória de um vitorioso esse outro como receber a vitoria) e assim vai é só vitoria é só benção e quando termina o culto as pessoas voltam para casa da mesma forma que chegaram à igreja, sabe como é que eu sei que uma pregação veio de Deus? Ela entra em minha mente e no meu coração, fica ali por semanas meses anos, pois ela acrescenta minha fé.
Procure ler a palavra de Deus, orar, jejuar, e não apenas ir aos cultos do milagre da vitoria ou da rosa ungida, mas firme sua fá na palavra de Deus tenha esse fundamento, pois tenho certeza que assim sua casa não ruirá quando vir o dia mal como está escrito: Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.
Mateus 7:24-27
Veja que Jesus mesmo no sermão diz todo àquele que, pois escuta a minha palavra e as pratica é um homem prudente, coisa que hoje não temos muitos em nossos meios estão indo por vistas, por homens amantes de si mesmo por esse motivo alerto a você que frequenta a igreja como um clube social, você está edificando sua casa na areia, você está sem óleo na botija, seu nome não está no livro da vida, procure arrepender-se de todo seu coração e pratique as primeiras obras.
PR.João Paim
Igreja assembleia de Deus e jpa RJ
3ºvice-presidente
Julho de 2012

11 julho 2012

Segredos da Cientologia, religião de Tom Cruise, causam polêmica

Cientologia e Tom Cruise
Cientologia. Quais os segredos desta religião fundada em 1952 pelo autor de ficção cientifica L. Ron Hubbard? No último domingo, o programa Fantástico da rede Globo, apresentou uma reportagem falando dos mistérios que pairam sobre a religião.
Atualmente a Cientologia possui adeptos em vários países, sendo um dos mais famosos, John Travolta, Juliette Lewis e Tom Cruise. Este último, devido ao fanatismo pela religião, segundo mesma publicação, pode ter causado o recente divórcio com Katie Holmes.
A doutrina tem influências de outras religiões, como o Hinduísmo e o Budismo, e de ciências humanas, como a psicologia. Para Hubbard fundador da seita, os seres humanos têm um espírito chamado de "thetan", que reencarnam várias vezes.
Segundo a reportagem do Fantástico, ex-membros da seita contam histórias polêmicas sobre a religião, que inclui detalhes como a crença em Xenu, um ditador intergaláctico que teria deixado o espírito de ETs no planeta. A igreja, entretanto, nega que a figura de Xenu exista nos ensinamentos.
O programa mostrou também ex-participantes, suas experiências dentro do grupo e seus mistérios, já que igreja mantém segredo de tudo o que acontece lá dentro.
Foi relatada a vivência de Mike Rinder que frequentou a igreja por quase 50 anos, e enquanto esteve na religião, chegou a um cargo importante como porta-voz oficial.
Mike conta que se afastou da igreja, e atualmente é considerado um traidor. Ele relatou que perdeu o contato com a ex-mulher e os filhos, que ainda estão lá. Quando tenta ver alguém da família, recebe um não como resposta, segundo a reportagem.
Mike ainda diz que um repórter da rede BBC, foi vigiado enquanto fazia uma série de reportagens sobre a religião em 2007.
“Estamos sendo seguidos”, disse o repórter ao notar um carro preto atrás de seu veículo. “Estamos sendo seguidos de novo”, repete ao ver outro transporte o seguindo novamente, durante a gravação do documentário em 2007, mostrado no programa.
Fora da religião, Mike confessou ao repórter, “você estava sendo seguido”.
Métodos usando um detector da verdade são usados em sessões, onde os fiéis descarregam sentimentos negativos, passando a se sentir melhor, “É bem simples, um medidor de resistência. Parece um detector de mentiras”, disse Marty Rathbun, um outro ex-participante, que ficou na igreja por 27 anos.
A Cientologia ainda prega que “a organização não deve cuidar de crianças ou bebês”, segundo o ex-membro da religião, Marc Headley, segundo publicação fantástico.
Marc e sua esposa Claire, um casal que fez parte da elite da Cientologia, responsável pela administração da igreja, conta que tudo é registrado por câmeras escondidas e que eles chegaram a ver sessões de Tom Cruise revelando coisas pessoais.
O casal contou que foram criados dentro da Cientologia, mas viram a religião se voltar contra eles. Quando Clarice engravidou, ela foi orientada a abortar duas vezes por causa do regulamento que é claro: funcionários não podem ter filhos.
Frustrados, Marc e Claire abandonaram a seita. O casal conta que sofreu consequências por abandonar a religião, Clarice diz que seus pais e familiares que fazem parte da seita foram orientados pela igreja a não ter mais contato com o casal.
Atualmente Mac e Clarice têm dois filhos que não conhecem os avós. A igreja nega ter bloqueado a comunicação do casal com a família.
No Brasil há três igrejas, sendo todas na Grande São Paulo. De acordo com a mesma publicação, a Cientologia continua crescendo e tem seguidores em 167 países.
“Nosso arquivo das pessoas que adquiriram os livros, nos temos ao redor de 20 mil pessoas”, contabiliza a porta-voz da Cientologia no Brasil, Lúcia Winther, segundo o Fantástico

04 julho 2012

A vinda de Jesus se aproxima


O Consolo Roubado

"Irmãos, no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, nós vos exortamos a que não vos demovais da vossa mente, com facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor. Ninguém, de nenhum modo, vos engane, porque isto não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia e seja revelado o homem da iniqüidade, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus ou objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus, ostentando-se como se fosse o próprio Deus. Não vos recordais de que, ainda convosco, eu costumava dizer-vos estas coisas? E, agora, sabeis o que o detém, para que ele seja revelado somente em ocasião própria. Com efeito, o mistério da iniqüidade já opera e aguarda somente que seja afastado aquele que agora o detém; então, será, de fato, revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro da sua boca e o destruirá pela manifestação da sua vinda" (2 Ts 2.1-8).
Este trecho da Segunda Epístola de Paulo aos Tessalonicenses é um apelo consolador e tranqüilizador feito pelo apóstolo à igreja de Tessalônica. Entretanto, pelo poder do Espírito Santo, essa carta também transmite firmeza e certeza às igrejas de todas as épocas até chegar o arrebatamento. Mas essa carta também pode ser entendida como um alerta do apóstolo em relação a todos aqueles que querem abafar a esperança viva dos filhos de Deus, ou seja, a esperança de serem arrebatados antes da Grande Tribulação. Ela é um "libelo" contra aqueles que querem arrancar os filhos de Deus da graça plena de nosso Senhor Jesus Cristo. Por isso, também Pedro diz aos seus leitores crentes: "Não vos amedronteis, portanto, com as suas ameaças, nem fiqueis alarmados; antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós" (1 Pe 3.14b-15).

Como se distinguem entre si "o Dia de Jesus", "o Dia do Senhor" e o "Dia de Deus"?

Para melhor entendimento e interpretação da palavra profética, é importante conhecer exatamente a diferença entre "o Dia de Jesus", "o Dia do Senhor" e "o Dia de Deus".
Em 2 Tessalonicenses 2.1 Paulo menciona a "vinda de nosso Senhor Jesus Cristo" e a nossa "reunião com ele". Com isso Ele se refere ao dia do arrebatamento. No versículo 2 do mesmo capítulo, ele fala do "Dia do Senhor", e a seguir discorre sobre os acontecimentos a ele relacionados. O "Dia do Senhor" se refere à Grande Tribulação, ao juízo de Deus sobre a terra com a subseqüente vinda de Jesus Cristo para o estabelecimento do Seu reino. Esse sistema de ensino e essa diferenciação são encontrados em toda a Bíblia. Um autor diz:
"Segundo a revelação do Antigo Testamento, o Dia do Senhor será um período de juízo que terá seu ponto culminante na vinda de Cristo e será seguido por um período de bênçãos divinas especiais no Milênio". (Hal Lindsey, "O Arrebatamento")
Na primeira carta aos tessalonicenses o apóstolo Paulo fala principalmente do "Dia de Cristo", e na segunda carta ele fala do "Dia do Senhor". Agora vamos analisar mais de perto estes dois conceitos e também o terceiro período, o "Dia de Deus":

1. O Dia de Cristo

O "Dia de Cristo" foi revelado somente no Novo Testamento e se aplica unicamente à Igreja de Jesus. Por isso, ele está relacionado quase sempre com bênçãos, com promessas e com a esperança da glória de Cristo.
O "Dia de Cristo" foi revelado somente no Novo Testamento e se aplica unicamente à Igreja de Jesus. Por isso, ele está relacionado quase sempre com bênçãos, com promessas e com a esperança da glória de Cristo. Ele diz respeito ao retorno dos crentes renascidos para o reino do Pai (a casa do Pai), mas também ao tribunal de Cristo que vai acontecer nessa ocasião. Seguem alguns exemplos:
"...aguardando vós a revelação de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual também vos confirmará até ao fim, para serdes irrepreensíveis no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo" (1 Co 1.7-8).
"Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus" (Fp 1.6).
"porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus. Quando Cristo, que é a vossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória" (Cl 3.3-4).
Encontramos outras passagens bíblicas sobre o assunto em 1 Coríntios 5.5; 1 Tessalonicenses 4.15-18; Filipenses 1.10; 2.16; 2 Coríntios 1.14; 5.10; 1 Timóteo 6.14; 2 Timóteo 4.8; 1 Pedro 1.7; 4.13 e 1 João 2.28.

2. O Dia do Senhor

O "Dia do Senhor", pelo contrário, não é uma nova revelação, mas já era conhecido no Antigo Testamento. Esse "dia" tem a ver com o justo juízo de Deus que cairá sobre o mundo incrédulo e castigará a rebelião contra Ele. Nesse dia igualmente acontecerá o juízo sobre o povo de Israel e seu restabelecimento espiritual. Trata-se da intervenção evidente e visível de Deus nos acontecimentos deste mundo.
Esse dia é o dia da Grande Tribulação e começa depois do "Dia de Cristo", ou seja, depois do arrebatamento. Ele resultará, finalmente, na vinda de Jesus em poder e glória juntamente com os Seus santos. Por isso ele também é chamado de "as dores" ou "dores de parto" (1 Ts 5.3). Em sua abrangência mais ampla, o "Dia do Senhor" se refere ao estabelecimento do reino de Jesus (Milênio) e conduz à derradeira destruição do antigo céu e da antiga terra. Também a esse respeito seguem alguns exemplos:
O Dia do Senhor é o dia da Grande Tribulação e começa depois do "Dia de Cristo", ou seja, depois do arrebatamento.
"Porque o Dia do Senhor dos Exércitos será contra todo soberbo e altivo e contra todo aquele que se exalta, para que seja abatido. Então, os homens se meterão nas cavernas das rochas e nos buracos da terra, ante o terror do Senhor e a glória da sua majestade, quando ele se levantar para espantar a terra" (Is 2.12 e 19; compare Ap 6.15-17).
"Mostrarei prodígios em cima no céu e sinais embaixo na terra: sangue, fogo e vapor de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes que venha o grande e glorioso Dia do Senhor" (At 2.19-20).
"se, de fato, é justo para com Deus que ele dê em paga tribulação aos que vos atribulam e a vós outros, que sois atribulados, alívio juntamente conosco, quando do céu se manifestar o Senhor Jesus com os anjos do seu poder, em chama de fogo, tomando vingança contra os que não conhecem a Deus e contra os que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus" (2 Ts 1.6-8; compare 2 Ts 2.10-12).
Outras passagens bíblicas sobre o "Dia do Senhor" são encontradas em Joel 1.15; 2.1-2; Ezequiel 30.3; Sofonias 1.14; Zacarias 14.4-5 e 8; 1 Tessalonicenses 5.1-5; 2 Pedro 1.16; 3.10 e Judas 14-15.

3. O Dia de Deus

O "Dia de Deus" é – após todos os acontecimentos mencionados anteriormente – o dia em que o próprio Deus triunfará definitivamente; depois que todo o mal tiver sido afastado e tudo estiver implantado na nova situação eterna e permanente, quando Deus será tudo em todos.
O "Dia de Deus" é – após todos os acontecimentos mencionados anteriormente – o dia em que o próprio Deus triunfará definitivamente; depois que todo o mal tiver sido afastado e tudo estiver implantado na nova situação eterna e permanente, quando Deus será tudo em todos. "Porque convém que ele reine até que haja posto todos os inimigos debaixo dos pés. O último inimigo a ser destruído é a morte. Porque todas as coisas sujeitou debaixo dos pés. E, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, certamente exclui aquele que tudo lhe subordinou. Quando, porém, todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, o próprio Filho também se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos" (1 Co 15.25-28). Nesse contexto a Palavra diz aos crentes: "...esperando e apressando a vinda do Dia de Deus, por causa do qual os céus, incendiados, serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão. Nós, porém, segundo a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, nos quais habita justiça" (2 Pe 3.12-13).

O consolo roubado

"Irmãos, no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele..." (2 Ts 2.1). A primeira parte dessa frase sem dúvida trata do arrebatamento da Igreja de Jesus, pois por intermédio dele ocorrerá a união visível do Noivo com a Noiva (compare também João 14.1-3 nesse contexto).
Nesse versículo lemos em outras versões:
"E agora, uma palavra sobre a volta do nosso Senhor Jesus Cristo e a nossa reunião para irmos encontrá-lO..." (A Bíblia Viva).
"Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele..." (Edição Revista e Corrigida).
Torna-se evidente que em 2 Tessalonicenses 2.1 Paulo se refere à primeira carta aos tessalonicenses, na qual explicou o arrebatamento em detalhes. Quando ele escreve na segunda carta (2.1): "...no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele...", somos forçosamente levados a pensar em 1 Tessalonicenses 4.17: "...e, assim estaremos para sempre com o Senhor", ou na palavra de nosso Senhor Jesus em João 14.3: "...e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também."

O consolo

Em relação ao arrebatamento da Igreja para junto de seu Senhor, está sempre em primeiro plano o consolo e não o temor. Quando a Bíblia fala do arrebatamento, constantemente menciona que a Igreja não precisa ficar entristecida, pois tem um consolo maravilhoso na volta de Jesus.
Em João 14.1, onde o Senhor fala pela primeira vez sobre o arrebatamento dos Seus, Ele enfatiza claramente: "Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim." A primeira parte desse versículo diz na Bíblia Viva:
"Que os corações de vocês não fiquem aflitos..."
"Que os corações de vocês não fiquem aflitos..."
O Senhor disse isso depois do sermão no Monte das Oliveiras, onde falou sobre a Grande Tribulação ("Dia do Senhor") que virá sobre toda a terra com angústia que nunca houve, e que antecederá Sua vinda em glória (Mt 24.21-22; Lc 21.11). O que o Senhor disse poderia ser traduzido com estas palavras: "A terra será visitada por um período de juízos, uma grande aflição, e depois Eu voltarei em glória. Mas tenham confiança, não fiquem com o coração pesado. Virei separadamente para vocês e os buscarei para Mim, para que vocês estejam onde eu estiver".
Em 1 Tessalonicenses 4.13 e 18 o apóstolo também fala sobre esse consolo: "Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras." A Igreja recebeu esse consolo e esta esperança viva pela graça e pelo poder do Senhor Jesus.
Em 1 Coríntios 15.51 e versículos seguintes, onde é descrito esse mistério, lemos na finalização: "Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão" (v. 58).
Paulo também conclui o segundo capítulo da segunda carta aos tessalonicenses com este profundo consolo para a Igreja: "Assim, pois, irmãos, permanecei firmes e guardai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa. Ora, nosso Senhor Jesus Cristo mesmo e Deus, o nosso Pai, que nos amou e nos deu eterna consolação e boa esperança, pela graça, consolem o vosso coração e vos confirmem em toda boa obra e boa palavra" (2 Ts 2.15-17).

O arrebatamento antes da Tribulação

"Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que esse Dia vos apanhe de surpresa; porquanto vós todos sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite, nem das trevas. Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo" (1 Ts 5.4-5 e 9).
Na primeira carta aos tessalonicenses nos é mostrado claramente que o consolo da Igreja consiste do fato que o arrebatamento nos livrará do dia da ira de Deus (do "Dia do Senhor"):"...e para aguardardes dos céus o seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, Jesus, que nos livra da ira vindoura" (1 Ts 1.10). William McDonald diz:
Aquele por quem esperamos é Jesus, "que nos livra da ira vindoura". Essa descrição de nosso Senhor que voltará pode ser entendida de duas maneiras:
1. Ele nos livra do castigo eterno que merecemos pelos nossos pecados. Na cruz Ele suportou a ira de Deus por nossos pecados. Pela fé em Jesus, o valor da Sua obra na cruz é creditado a nós. Daqui por diante não há mais condenação para nós, por estarmos em Cristo (Rm 8.1).
2. Ele nos livra igualmente da era de juízo que virá sobre esta terra, quando a "ira" de Deus será derramada sobre um mundo que rejeitou Seu Filho. Esse tempo é conhecido como "a Grande Tribulação", ou também o tempo da "angústia de Jacó" (Dn 9.27; Mt 24.4-28; 1 Ts 5.1-11; 2 Ts 2.1-12; Ap 6.1-17 e 10).
Essa "ira de Deus" começará na Grande Tribulação, como se vê claramente em Apocalipse 6.15-17. Também em 1 Tessalonicenses 5 é nitidamente do "Dia do Senhor" que o texto fala, dia que virá como ladrão de noite (vv. 2-3). Mas nesse contexto de juízo e castigo é dito à Igreja que ela será poupada desse dia: "Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que esse Dia como ladrão vos apanhe de surpresa; porquanto vós todos sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite, nem das trevas. Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo" (1 Ts 5.4-5 e 9). A Bíblia Viva diz no versículo 9: "Porque Deus não nos escolheu para derramar sua ira sobre nós, mas para nos salvar por meio de nosso Senhor Jesus Cristo."
"Porque Deus não nos escolheu para derramar sua ira sobre nós, mas para nos salvar por meio de nosso Senhor Jesus Cristo."
Portanto, em resumo, podemos dizer: sempre que o Espírito Santo nos recorda o tema do arrebatamento, somos lembrados de todo o consolo do Evangelho de Jesus, da esperança da nossa vocação.
Os tessalonicenses foram bem instruídos sobre esse assunto. Por isso eles ficaram tão preocupados quando repentinamente surgiram rumores de que "o Dia do Senhor" (a Grande Tribulação) já havia chegado. Pois estaria acontecendo justamente o contrário do que eles haviam ouvido do apóstolo. Eles logo se preocuparam, ficaram com medo, abalados, surpresos, tristes, e começaram a vacilar. Por quê? Porque haviam abandonado a palavra da graça.

Os ladrões do consolo

Uma vez que os tessalonicenses estavam tão frustrados, Paulo escreveu-lhes: "...a que não vos demovais da vossa mente, com facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor" (2 Ts 2.2). Os tessalonicenses haviam permitido que falsos pregadores roubassem seu consolo.
A jovem igreja de Tessalônica vivia num tempo de dura perseguição. Sua fé estava sendo posta à prova. Eles foram afligidos da maneira mais cruel e tiveram que suportar muita aflição e tribulação (2 Ts 1.4-7). Além disso, nessa situação apareceram homens que ensinavam que o "Dia do Senhor" já havia chegado, que eles, portanto, já se encontravam na Grande Tribulação. Já que tinham sido ensinados que o arrebatamento aconteceria antes da Grande Tribulação ou do "Dia do Senhor", podemos entender sua inquietação. Os tessalonicenses estavam fora de si de susto e cheios de repentina insegurança. Será que o "Dia do Senhor" realmente já teria chegado? Mas, nesse caso, onde estaria a promessa de que antes deveriam esperar o Filho de Deus vindo do céu para livrá-los da ira vindoura (1 Ts 1.10; 5.9)? Teriam eles esperado em vão pelo arrebatamento? Será que realmente eles estavam sob a ira de Deus por passarem por perseguições e angústias? Pois eles haviam sido instruídos que não passariam pela ira de Deus, que o Dia do Senhor não os surpreenderia como um ladrão de noite, e que o dia do juízo seria para os outros, que estão fora, não para a Igreja de Jesus. Em 1 Tessalonicenses 5.1-5 havia sido dito a eles: "Irmãos, relativamente aos tempos e às épocas, não há necessidade de que eu vos escreva; pois vós mesmos estais inteirados com precisão de que o Dia do Senhor vem como ladrão de noite. Quando andarem dizendo: Paz e segurança, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vêm as dores de parto à que está para dar à luz; e de nenhum modo escaparão. Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que esse Dia como ladrão vos apanhe de surpresa; porquanto vós todos sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite, nem das trevas."
Os cristãos de Tessalônica haviam sido confundidos totalmente pelas cartas falsificadas. Pretendia-se roubar deles a esperança contida na primeira carta de Paulo. Por isso o apóstolo lhes escreveu em sua segunda carta: "Assim, pois, irmãos, permanecei firmes e guardai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa" (2 Ts 2.15).
Reflitamos sobre isto: se o apóstolo lhes tivesse ensinado que de qualquer maneira eles entrariam no "Dia do Senhor" e a qualquer dia seriam arrebatados em meio à Grande Tribulação, eles não precisariam ter ficado preocupados. Então tudo, apesar de grandes angústias, tentações e perseguições que deveriam esperar, estaria "na mais perfeita ordem". Então teria sido perfeitamente normal para eles que a Grande Tribulação e o "Dia do Senhor" já houvessem chegado, e que assim o arrebatamento já estaria às portas. Então eles até poderiam alegrar-se que a situação já tinha chegado a esse ponto. Mas, conforme meu entendimento, por terem sido instruídos que o arrebatamento aconteceria antes da Grande Tribulação, eles estavam tão frustrados e inseguros.
Paulo disse claramente que o "Dia do Senhor" só diz respeito àqueles que não aceitaram o amor à verdade (que é Jesus), àqueles que não creram e que por isso perecem: "Ora, o aparecimento do iníquo" (o anticristo) "é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça" (2 Ts 2.9-12). Mas referindo-se à Igreja, ele escreveu: "Entretanto, devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados pelo Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a salvação, pela santificação do Espírito e fé na verdade, para o que também vos chamou mediante o nosso evangelho, para alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. Assim, pois, irmãos, permanecei firmes e guardai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa. Ora, nosso Senhor Jesus Cristo mesmo e Deus, o nosso Pai, que nos amou e nos deu eterna consolação e boa esperança, pela graça, consolem o vosso coração e vos confirmem em toda boa obra e boa palavra" (vv. 13-17). Existe, portanto, uma clara diferença entre "eles", que serão condenados no "Dia do Senhor", porque rejeitaram a verdade – e aqueles ("vós") que são escolhidos para alcançar a glória em Jesus Cristo, porque creram na verdade.
Evidentemente foi objetivo do inimigo roubar essa esperança dessa nova igreja de Tessalônica. Por isso ele espalhou sementes falsas entre eles em uma época quando realmente estavam sendo provados duramente, colocando dúvidas em seus corações e tentando derrubá-los totalmente da base da fé que haviam recebido. Isso chegou aos ouvidos do apóstolo Paulo, que por essa razão escreveu uma segunda carta aos tessalonicenses, carta que deveria ministrar-lhes segurança numa época de insegurança. Uma mensagem falsificada havia sido propagada entre os membros da igreja, que dizia justamente o contrário daquilo que eles haviam aprendido do apóstolo. Aqui estava operando – ao contrário do Espírito Santo – um espírito enganador. Aqui estava sendo transmitida uma falsa palavra, diferente da Palavra de Deus. E em contraste com as cartas de Paulo, tentou-se introduzir entre os membros dessa igreja uma falsa carta, talvez até com assinatura falsa. Surgiram falsos mestres, que diziam que o "Dia do Senhor" já havia chegado, que a Grande Tribulação, portanto, já havia começado. Eles até diziam apoiar-se no apóstolo Paulo. Por isso Paulo advertiu os tessalonicenses: "...nós vos exortamos a que não vos demovais da vossa mente, com facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor" (2 Ts 2.1b-2).
Assim procede o inimigo quando aparece como "anjo de luz": ele adapta sua mentira à verdade da Palavra de Deus. Seus servos, os falsos apóstolos, que se fazem passar por mensageiros de Jesus, anunciam a assim chamada "sã doutrina", mas que é pura heresia. É dessa maneira que Satanás semeia sua semente daninha, que num primeiro momento é muito semelhante à boa semente, mas que no fim nasce como fruto da dúvida (comp. 2 Co 11.13-15).
"Assim, pois, irmãos, permanecei firmes e guardai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa."
Por ser tão grande o perigo da falsificação, Paulo advertiu a respeito (2 Ts 2.2) e disse com ênfase no versículo 3: "Ninguém, de nenhum modo, vos engane..." Além disso, ele voltou a chamar a atenção a respeito no versículo 15 e no final da carta (3.17) mencionou a característica da sua própria assinatura:
"A saudação é de próprio punho: Paulo. Este é o sinal em cada epístola; assim é que eu assino."
"Agora, a minha saudação, que estou escrevendo de próprio punho, como faço no final de todas as minhas cartas, como prova de que ela é na realidade proveniente de mim. Esta é a minha letra" (A Bíblia Viva).
A pregação de que a Igreja ainda terá de passar pela Grande Tribulação rouba-lhe a expectativa de que o arrebatamento poderá acontecer a qualquer momento (1 Co 1.7-8; 1 Ts 1.10; Tg 5.7-8; 1 Pe 4.7; 5.1). Essa doutrina é inimiga da espera pela volta iminente de Jesus, e por isso ensina que o Senhor ainda não voltará ou não pode voltar, porque a Igreja terá que passar primeiro pela Grande Tribulação. Erroneamente as pessoas que ensinam isso ainda esperam pelo cumprimento de certos sinais dos tempos do fim, antes que o arrebatamento possa ocorrer. Mas não é assim. O arrebatamento pode ocorrer a qualquer momento, pois os sinais do tempo do fim (Mt 24; Mc 13; Lc 21.7ss etc.) referem-se à vinda de Jesus Cristo em glória no "Dia do Senhor" e na maioria dizem respeito a Israel. Aqueles que esperam que antes do arrebatamento deve ter início a Grande Tribulação e a revelação do anticristo, são pessoas que raramente têm uma visão da graça plena que nos foi dada por intermédio da salvação que Jesus realizou na cruz do Calvário e que nos é anunciada no Evangelho de Cristo.
Naturalmente também a verdadeira cristandade pode passar por tribulações, perseguições e catástrofes. Também ela pode ser atingida por guerras, miséria, fome, enfermidade e aflição. Sempre foi assim e também hoje esse ainda é o caso em muitas partes do mundo. A maior parte da Igreja de Jesus sobre a terra é perseguida, como acontece nos países dominados pelo comunismo e pelo islamismo. E isso continuará sendo assim até o arrebatamento. Os cristãos também tiveram que passar pela Primeira e pela Segunda Guerra Mundial. A qualquer tempo pode-se aplicar à Igreja as palavras do Senhor a Pedro: "Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como trigo" (Lc 22.31), mas igualmente a verdade: "Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça" (v.32a). Jesus, como o Eterno Sumo Sacerdote, intercede pelos Seus diante de Deus e ora por eles (Jo 17.1; 1 Jo 2.1-2; Hb 6.17-20; 10.19-25). Segundo o meu entendimento, o Senhor não fará a Sua Igreja passar pelos sinais dos juízos, que dizem respeito à Grande Tribulação e ao "Dia do Senhor". "Porque nesse tempo haverá grande tribulação, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais" (Mt 24.21), que é determinada como juízo para um mundo de incredulidade e rebelião contra Deus. É o que se expressa de maneira muito clara em 2 Tessalonicenses 2.10-12; "...e com todo o engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça" (compare também 1 Ts 1.9-12).
Se a Igreja tivesse que esperar primeiro a revelação do anticristo e passasse pela Grande Tribulação, ela poderia calcular a época do arrebatamento de maneira bastante precisa, e poderia ter a certeza de que o Senhor ainda não teria vindo. Por isso: não nos deixemos roubar de maneira nenhuma o consolo de sermos arrebatados para junto de Jesus antes da Grande Tribulação! Mais uma vez digo a todos os crentes renascidos: "Não vos amedronteis, portanto, com as suas ameaças, nem fiqueis alarmados; antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós" (2 Pe 3.14b-15). (Norbert Lieth -http://www.chamada.com.br)