NOTICIAS DE ISRAEL-


A Festa dos Tabernáculos

A Festa dos Tabernáculos é considerada a maior e mais importante das festas judaicas após o Pessach(A Páscoa Judaica). Semelhante ao Pessach, Sukkot (Festa dos Tabernáculos) também é comemorada por sete diz, com um dia a mais que é chamado Shmenit Atzeret.
Em Sukkot é celebrado, segundo a ordem de Adonai, o tempo em que o povo de Israel habitou em tabernáculos e tendas. Além disso, é o tempo em que YHWH estava presente constantemente no arraial de Israel.
Durante a estada do povo de Israel no deserto, as tribos eram organizada de tal forma em que todas circundavam o local onde a Tenda da Revelação, que presentava a presença de D'us estava. Desta forma, de forma física e simbólica, YHWH estava exatamente no meio de seu povo.
Durante os dias de Sukkot cada morador de Israel é incentivado a montar sua própria tenda, nela são feitas pelo menos uma das refeições, são convidados a estar nela os visinhos, amigos e parentes. Cada tenda deve estar bem decorada, mas não necessariamente luxuosa, pois a vida no deserto era muito simples.
Quando o Povo de Israel realiza o estatuto perpétuo de praticar a Festa de Sukkot, ele mesmo sem expressar palavras está confirmando a fidelidade do Eterno e sua fidelidade a ELE.
Hoje, cerca de 3600 anos após a saída do povo de Israel da escravidão no Egito, a mensagem de um D'us que deseja habitar no meio de seu povo continua soando, apesar das grandes tragédias que abalaram este povo tornando-o muitas vezes incrédulo, cético ou até mesmo alguns ateístas. Mas estes fatos não tiram jamais a beleza desta festa que pode ser notada de forma tão intrigante pelas ruas de Israel.
Basta uma visita informal pelas ruas das cidades israelenses para notas algo estranho, cabanas de madeira ou estruturas metálicas estão espalhadas por todos os lugares, pessoas entram e saem delas, com sorrisos nos rotos e pratos nas mãos. Um olhar em direção as varandas nos apartamentos vai te revelar o quanto este povo ainda é e continuará sendo tão ligado a sua tradição e fé.
Durante o Pessach, se você deseja saber o que é a festa, vai ter que ir a um supermercado, e verá o mesmo lotado mais do que nunca, ou simplesmente se convidar ou ser convidado por uma família israelense para ter noção do que é a Páscoa Judaica, porém na Festa dos Tabernáculos, a festa vai para a rua, podem se ver suas tendas por todos os lugares, e isto começa muito antes da Festa e muitas vezes se estende por alguns dias depois da mesma.
Além destes sinais tão destacados, neste período o Estado de Israel recebe o maior número de turistas e Jerusalém passa a ser algo como um formigueiro, mais de um milhão de pessoas a mais lotam cada canto da Cidade Santa, tornado o lugar um verdadeiro centro de celebração internacional, uma verdadeira casa de adoração.
Segundo as escrituras, o próprio Yeshua Hamashiach teria nascido neste período do ano, ou seja, o Filho do Eterno teria vido habitar com os homens exatamente na festas que demonstra que Adonai habitou e habita no meio de seu povo, Israel. Então para todos, Feliz Festa de Sukkot. Feliz Festa dos Tabernáculos.
Diretor do Cafetorah

Comentários

Postagens mais visitadas