Tailândia: 348 fetos encontrados num templo




Foram descobertos 348 fetos num templo na Tailândia pela polícia. De acordo com a AFP, suspeita-se que sejam provenientes de abortos ilegais.

O general Sumeth Ruangswasdi informou esta terça-feira que foram chamados para investigar um cheiro forte e que descobriram fetos em sacos plásticos.

O aborto é ilegal na Tailândia, excepto se a mãe tiver sido violada, se a vida da mãe estiver em risco ou se o feto tiver deficiências. 


BANGCOC - A polícia da Tailândia descobriu 348 fetos no necrotério de um templo budista em Bangcoc, capital do país. Há suspeita de que eles tenham sido levados para o templo por funcionários de clínicas de aborto.
Segundo o major-general da polícia Sumeth Ruangswasdi, autoridades foram chamadas ao local para investigar um cheiro forte. Durante as investigações, policiais encontraram os fetos em sacolas plásticas.
De acordo com o jornal local "The Nation", o coveiro do templo admitiu que foi contratado por clínicas de aborto para despejar os fetos no local. Ruangswasdi disse que eles não devem ter sido deixados no templo todos de uma vez, já que estavam em estados de decomposição diferentes.
O aborto é ilegal na Tailândia, exceto em três condições: se a mãe tiver sido estuprada, se a gravidez afetar sua saúde ou se o feto for anormal.

Comentários

Postagens mais visitadas