17 março 2010

Escândalo envolvendo padres em Alagoas: Vídeo de jovem fazendo sexo com padre choca cidade. Assista a reportagem

Escândalo envolvendo padres em Alagoas: Vídeo de jovem fazendo sexo com padre choca cidade. Assista a reportagem
Tags: abuso sexual, Alagoas, Arapiraca, Igreja Católica, monsenhor, padres, pedofilia
Postada em: terça-feira, 16 de março de 2010 10:41h | Brasil, Destaque | 1 Comentário | A A A
Arapiraca anoiteceu chocada com as denúncias envolvendo casos de pedofilia entre dois monsenhores e dois padres da cidade. O programa Conexão Reporter do jornalista Roberto Cabrini no SBT veiculou uma matéria devastadora, inclusive com um vídeo onde um dos monsenhores, Luiz Marques faz sexo com um jovem.

Na matéria (assista os vídeos abaixo), Roberto Cabrini fala que o vídeo foi o ponto inicial e ao chegar na cidade encontrou Fabiano, o rapaz que aparece ao lado do padre mantendo relações sexuais.

Fabiano, hoje com 20 anos, relatou que se tornou coroinha na igreja com12 anos de idade e desde então foi assediado sexualmente pelo padre. Contou ainda que manteve um relacionamento com o religioso durante anos, e por isso desistiu do antigo sonho de se tornar padre.

Durante a apuração, outros jovens foram localizados dizendo que passaram pelo mesmo assédio, chegando a prática do sexo com os padres. Entre eles está um menino, de 11 anos. Ele afirmou que foi assediado por um outro padre da região, Edilson Duarte, responsável pela Igreja Catedral de Bom Conselho.

Na reportagem seguiram-se várias denúncias de jovens e pais de crianças que foram coroinhas e acabaram assediados pelo Monsenhor Luiz Marques, pelo padre Edilson Duarte e pelo Monsenhor Raimundo além de um outro padre não identificado.

Os padres foram ouvidos e negaram toda a história,mas a reportagem flagrou um advogado identificado como Daniel Fernandes intimidando e até ameaçando os jovens responsáveis pela gravação, identificados como Flávio e Fabiano.

Os garotos confirmaram ainda que receberam R$ 30 mil reais do advogado em uma negociação intermediada pelo Monsenhor Raimundo para que não divulgassem os vídeos.

No final da reportagem o delegado Marcilio Barenco informou que todas as gravações e fatos já foram remetidos para o Ministério Público e para a Arquidiocese de Maceió,que devem tomar as providências cabíveis.
Monsenhor Luis Marques foi afastado das funções pela Igreja que sabia de tudo desde o ano passado

As denúncias contra o Monsenhor Luis Marques, que foram ao ar na semana passada no Programa Conexão Reporter do SBT (assista os vídeos abaixo), já eram do conhecimento da Igreja Católica desde pelo menos janeiro do ano passado, quando o bispo Dom Valério Breda, responsável pela Arquidiocese de Penedo, da qual Arapiraca faz parte, recebeu as fitas que mostravam o pároco em ato sexual com um menor de idade.

A primeira atitude dos responsáveis pela Arquidiocese foi aposentar o Monsenhor Luis Marques, que já estava em Arapiraca há mais de 30 anos e o substituir pelo Monsenhor Raimundo a frente da igreja de São José.

O problema é que o Monsenhor Raimundo também foi acusado pelos pais dos coroinhas como um dos padres que aliciavam os menores e seria ele o responsável por ter pago R$ 30 mil reais ao jovem Fabiano, responsável pelas filmagens.

Monsenhor Luis Marques

Ex-capelão da Policia Militar de São Paulo,Monsenhor Luiz Marques chegou a Arapiraca na década de 70 e se tornou uma figura importante na sociedade arapiraquense. Considerado rigoroso e conservador não faltam relatos sobre os seus sermões onde ele criticava o que ele classificava como declínio da moral e da família.

Uma freqüentadora das missas rezadas pelo Monsenhor explicou que ele não permitia nem mesmo vestidos com decotes entre as freqüentadoras da igreja e criticava inclusive o uso de maquiagem excessiva entre as noivas que ele casava.

De ótimo trânsito entre as principais autoridades políticas da cidade, o Monsenhor Luis Marques foi homenageado ao conceder seu nome para uma importante escola particular existente no município.

Reportagem

O Cadaminuto chegou a falar com dois dos pais que fizeram a denúncia ao repórter Roberto Cabrini e procurou o Ministério Público para se inteirar do caso,mas os pais disseram que já haviam “fechado” exclusividade com o repórter do SBT e o promotor ouvido pela reportagem disse que o caso era tratado como “segredo de justiça”.

Em Arapiraca a situação já era pública, tanto que a população foi às ruas na noite e lotou bares e lanchonetes para ver a reportagem. “Só assim, quando o Brasil inteiro fica sabendo é que esses padres param de fazer estes absurdos” explicou uma pessoa ouvida pelo Cadaminuto.

Leia também:
- Jovem filmado fazendo sexo com padre em Arapiraca desabafa e conta toda sua história

Assista a reportagem do SBT, por Roberto Cabrini. Em 5 partes:





height="385">





11 março 2010

o filme avatar


Avatar ganha Oscars e mentes para o esoterismo
“Pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!” (O apóstolo Paulo – Romanos 1.25).
O filme "Avatar" (Estados Unidos, 2009) quase confirmou sua fama de arrasa-quarteirão. Após abocanhar o troféu de melhor filme temático e melhor direção no Globo de Ouro, não conseguiu levar o Oscar de melhor filme e nem de melhor direção para James Cameron. "Guerra ao Terror" foi o grande vencedor. Porém, como consolo, "Avatar" ganhou três estatuetas, todas de categorias técnicas. Assisti-o com minha esposa e o premiaria também com a estatueta de "Oscar de melhor filme esotérico de 2009"'.
“Avatar” destaca-se do ponto de vista tecnológico e esotérico.

O enredo

Um bom roteirista pode criar um filme para passar a mensagem que desejar, de forma explícita ou sutil. Qualquer narrativa pode enaltecer o bem ou o mal, fazer-nos beber água limpa ou podre e nos emocionar ao ponto de rirmos ou chorarmos.
“Avatar” é uma ficção científica inundada com água dos esgotos espirituais.
Em um planeta chamado Pandora, a anos-luz da Terra, existe uma substância chamada unobtainium que é de grande valor para os humanos que viajaram até lá para conquistá-la. No entanto, os nativos de Pandora, chamados de Na’vis,* são um obstáculo nessa conquista, pois um grupo deles está assentado em uma área exatamente sobre a maior reserva deunobtainium do planeta.
O malvado coronel Miles Quaritch (interpretado por Stephen Lang) deseja usar a força e eliminar logo os Na’vis. Já a boa cientista, doutora Grace Augustine (interpretada por Sigourney Weaver), acredita na diplomacia e que os humanos e Na’vis venham a ser amigos.
Os humanos criam, então, avatares Na’vis que se infiltram entre os nativos com o objetivo de convencê-los a saírem daquele local. Esses avatares são basicamente humanos em corpos de Na’vis.
O principal avatar é Jake Sully (interpretado por Sam Worthington), que tem sucesso em se infiltrar, mas acaba sendo seduzido pela maneira de viver dos Na’vis,apaixona-se por uma Na’vi,vira a casaca e passa a lutar com os nativos contra os abomináveis humanos. Isso me fez lembrar um pouco da trama do “O Último Samurai”.
Os Na’vis amam a natureza, adoram a deusa Eywa (que é uma força espiritual que mantém o equilíbrio da natureza) e são conectados a ela através de uma espécie de sonda que sai da parte posterior de suas cabeças, como se fossem longas tranças dos seus cabelos.
A inevitável batalha final é ganha pelos Na’vis e, graças à deusa Eywa, Jake Sully tem um novo nascimento e passa a ser não mais um avatar-na’vi, mas um Na’vi de verdade.
A narrativa do filme foi de certa forma pobre em conteúdo para quase três horas de duração. O que salta aos olhos é o espetáculo de tecnologia e esoterismo.

A tecnologia de Avatar

O diretor James Cameron superou todas as expectativas, ao esperar mais de dez anos para produzir “Avatar”. Pois, quando idealizou essa película, ainda não existia tecnologia suficiente para produzi-la.
Cerca de 70% do filme foi gerado em computador, mas não parece. Criado especificamente para ser assistido em 3D, “Avatar” vem à tona com cores vivas e as imagens do planeta Pandora parecem ser bastante reais. Muitas das cenas onde os humanos interagem com as criaturas de Pandora foram gravadas em frente a uma tela verde, mas com tamanha precisão que confesso, com algumas exceções, não consegui distinguir visualmente o real do irreal.
A propósito, realidade neste filme é outra coisa. Se o leitor está procurando o mundo real, é melhor ler a Bíblia.

A doutrinação do filme Avatar

Se a película “Avatar” foi pobre em diálogos, o mesmo não pode ser dito sobre sua visão de mundo esotérica.
Neste artigo quero salientar apenas dois aspectos. Uma análise mais abrangente será feita no livro “Ah! Deliciosos Filmes Anticristãos – Volume 4”.

1) A popularização da palavra “avatar”

Para qualquer cristão que estuda esoterismo, sempre que se depara com a palavra “avatar”, uma luz vermelha se acende na mente.
A Bíblia nada fala sobre “avatar”, porém citações sobre avatares (ouavataras) aparecem na Bhagavad-Gita, que é o mais popular livro do hinduísmo. A Bhagavad-Gita esclarece: “Há várias espécies de avataras[...] mas o Senhor Krishna é o Senhor primordial, a fonte de todos osavataras”.
Originalmente, a palavra“avatar” vem do indiano antigo, chamado sânscrito, e no hinduísmo significa “o Deus que desceu do Céu para a Terra”: seria a “aparição” ou “manifestação” ou “encarnação” de um deus na Terra. Por exemplo, o deus hinduísta Vishnu diz ter inúmeros avatares.
A propósito, a cor azul clara dos Na’vis me lembrou de Krishna.
Um outro significado para a palavra “avatar” tornou-se popular com o advento de jogos na internet. Cada participante cria o seu próprio “avatar”,dotando-o das características que achar necessário. São corpos virtuais criados pelos jogadores. Além disso, a companhia Nintendo tem uma linha de videogames intitulada “Avatar”. O “Avatar” do diretor James Cameron cai nesta definição de uma criatura produzida para ser manuseada com fins específicos, como nos jogos dos internautas.
Os avatares de Cameron são entidades biológicas idênticas aos Na’vis,mas com algum DNA humano.

2) A popularização do monismo e do panteísmo

Numa cena de “Avatar” ficamos sabendo que o planeta Terra já foi tão verde quanto o planeta Pandora, mas que os humanos tinham devastado tudo.
A mensagem do filme resume-se à luta do povo bom e espiritual da floresta (osNa’vis) contra os terríveis e abomináveis humanos. A palavra Na’vi lembra foneticamente a palavra inglesa “naive” que quer dizer“ingênuo”“Avatar” é a luta dos supostamente ingênuos contra os humanos perversos.
Ao término, ficamos satisfeitos com a morte do Coronel Quaritch e com a destruição do seu exército. Os humanos que sobreviveram foram enviados de volta ao já moribundo planeta Terra para lá morrerem. Torcemos contra os humanos. Que maravilha!
O tema do filme é claro: “Louve a natureza e seja um com ela!”. Este longa-metragem nos ensinou que os humanos já destruíram a natureza do planeta Terra e estão destruindo o meio-ambiente de outros planetas, perdendo a oportunidade de conhecerem a visão espiritual de serem um com todas as criaturas.
Aprendemos também neste filme que todas as coisas criadas têm um espírito e que todas as coisas vivas estão interconectadas entre si e com a “mãe deusa Eywa”. Isso me trouxe à memória o desenho animado“Pocahontas”.
Uma das fortes cenas onde essa mensagem é transmitida ocorre quando todos os Na’vis estão sentados no chão, conectados a ele com suas tranças-sondas, balançam, como uma dança, recitando um cântico que mais parece um mantra à deusa Eywa.
Imagine só? A cientista Grace Augustine chegou a descobrir que todas as árvores da floresta de Pandora têm conexões eletro-químicas entre elas e que juntas formam uma grande rede elétrica igual às sinapses do nosso cérebro. É uma pseudo-ciência tentando justificar de forma racional a doutrina esotérica do “monismo-panteístico”.
Monismo (do grego mono, “um”), é uma visão de mundo que assegura que toda a realidade, tanto a material quanto a espiritual, é concebida como um todo unificado. Em última análise, não existem distinções reais entre as coisas. Popularmente falando: “Tudo é um, um é tudo”.
Panteísmo (do grego pan, “tudo”, e theos, “deus”) é uma visão de mundo que identifica todas as coisas com Deus e Deus com todas as coisas. Todas as coisas são partes de Deus e, portanto, divinas. Não existe uma pessoa ou qualquer coisa que esteja separada ou distinta de Deus. Popularmente falando: “Deus é tudo, tudo é Deus”.
Quando unimos as definições de monismo e panteísmo, teremos a principal doutrina do Movimento da Nova Era (The New Age): o monismo-panteístico. Popularmente falando: “Tudo é Um, Um é Tudo, Tudo é Deus”.
O monismo-panteístico é o dogma principal do filme “Avatar”.
Então, a “salvação” dos Na’vis é um estado de consciência iluminado onde a pessoa descobre que é um com todas as coisas (monismo). Dando esse primeiro passo, a pessoa também descobre que ela é um com Deus e que pode participar desta vida divina sem a necessidade de um mediador entre Deus e ela. Pois, todas as coisas são divinas (panteísmo) e não há razão para aceitar a obra redentora de Jesus Cristo.
Já do ponto de vista cristão, existe uma total separação entre o Deus puro e Suas criaturas impuras. O pecado separou as pessoas de Deus e o acesso do indivíduo a essa reconciliação com o Deus Pai só acontece quando ele é lavado pelo sangue redentor de Jesus Cristo (o nosso Mediador).
“O homem igual a Deus” é a velha mentira do Jardim do Éden: “sereis iguais a Deus”, com a qual a Serpente seduziu Eva. Costumo dizer que o fruto que Eva comeu foi a maior cachaça que a humanidade já tomou. No Éden, o ser humano caiu neste conto e passou a viver espiritualmente tonto, desnorteado, tateando no escuro, até os dias de hoje. “Avatar” nos oferece esse mesmo pileque.

Conclusão – um “blockbuster” esotérico

“Avatar” é um incrível blockbuster para superar todos os outrosblockbusters. Vem batendo todos os recordes de arrecadação financeira e caminha a passos largos para ser o filme mais assistido de todos os tempos.
“Avatar” nos trouxe a má e caduca notícia da “divindade interior” e vem iludindo milhões de pessoas que lotam os cinemas por este mundo afora.
Sim, com certeza temos tratado muito mal o meio-ambiente e estamos pagando caro por isso. Mas, existe uma boa notícia que os humanos não contaram aos Na’vis, e esta é que tudo isso é conseqüência do nosso pecado e que Deus já pagou a nossa dívida na cruz ao enviar o Seu Filho Jesus Cristo para morrer por nós. Tudo que temos de fazer é reconhecer nossa podridão e deixar-nos lavar pelo sangue do Cordeiro de Deus.
“O homem sendo um com Deus”, que enganação! “Que perversidade a vossa! Como o oleiro fosse igual ao barro, e a obra dissesse do seu artífice: Ele não me fez; e a coisa feita dissesse do seu oleiro: Ele nada sabe” (Isaías 29.16).
Quem somos nós para questionarmos a Deus? “Quem és tu, ó homem, para discutires com Deus?! Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim?” (Romanos 9.20).
A frase mais repetida na noite da entrega do Oscar foi “... and the winner is...” (“... e o vencedor é...”). Gostaria de repeti-la mais uma vez nesta minha fictícia entrega do “Oscar de melhor filme esotérico de 2009”: “E o vencedor é AVATAR!”. (Dr. Samuel Fernandes Magalhães Costa -http://www.chamada.com.br)
* No filme, a palavra Na’vi é usada t

01 março 2010

VIEVR A VIDA ! sem Deus é uma desgraça


viver a vida ! sem Deus é uma desgraça


A rede globo de televisão está com uma novela no ar desde o final do ano passado cujo nome desta novela é viver a vida, escrita por Manuel Carlos, se passa no rio de janeiro, mas precisamente no bairro do Leblon zona sul da cidade, até ai muito bem, o que me leva a fazer esse comentário é o enredo desta novela.
Quero dizer aos amados que tive que assistir alguns capítulos como pesquisa; aqui no rio de janeiro o povo é noveleiro e até os crentes desavisados ou não, assistem esse material via antena ou cabo.
Antena ou cabo, pois tem gente que paga para assistir esse lixo da sociedade carioca que na verdade é a vida que eles levam, esperar o que de quem não tem Deus, prostituição, traição, engano, mentiras e a lista não para por ai.
Pois esse lixo entra em lares que se dizem cristãos e vão fazendo o estrago, estrago esse que eu como pastor tenho notado no meio evangélico, o numero de separações tem aumentado e muito.
Casais que viviam bem começaram a desmanchar o casamento por causa de enganos traições, como nas novelas.
Pior ainda temos a rede Record de televisão que é do bispo Macedo dono da igreja universal, que partiu para esse seguimento e suas novelas são iguais ou piores do que de sua rival  globo.
No momento em que eu sendo cristão, tudo que eu faço na minha vida profissional eu apresento para o senhor, será que os autores e diretores eles não sendo cristãos sendo de outra religião qualquer, eles não iram apresentar suas produções para os lideres espirituais de sua crença?como pedir para ter audiência,ter sucesso?
Claro que vão pois eu era de outro lado e quando eu abria algum negocio ou comprava um carro novo,ia eu correndo para apresentar ao meu líder espiritual,ela lá benzia meu veiculo,dava receitas contra acidentes e roubos (que muitas das vezes não dava certo) usar um patuá, ou uma guia ou um terço na frente do retrovisor;pergunto será que os produtores de novela não apresentam suas produções aos seus guias espirituais?
A resposta fica em sua imaginação ou na lógica não serei eu que vou decidir por você pense bem antes de ligar sua TV em casa e colocar seus filhos e sua esposa na presença de obras que pertencem à carne, ver os homens e mulheres se traindo, dentro de seu lar.
Será que uma programação comprometida com as trevas como essa não fará vitimas naquilo que ela foi gerada para fazer?Será que os casamentos que eu estou vendo se desfazerem muitos deles de anos, não foram influenciado lá no inferno por essas novelas que pregam o fim das famílias, e digo mais não só as novelas como as propagandas que agora são feitas para pais e mães separadas, é de margarina, celular, e vai por ai.pois satanás sabe que Deus criou a família por isso ele corre para destruir as famílias.
Pode até ser que o casal não esteja vendo essa porcaria, mas outros assistem, em outros lugares, e influenciam sua vida de um modo ou de outro.
Como sair dessa? somente através da oração que Deus pode livrar você deste mundo tenebroso, pois satanás, ele não veio senão para matar roubar e destruir, mas eu (Jesus) vim para dar vida e vida em abundancia  
images.jpg
- (o homem amante, viril que só usa roupa preta, nesta novela ele já esteve com três mulheres até agora.)
O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.

A novela como nos filmes tentam te levar ao ápice de sua vida sexual mostrando aquilo que no mundo pode ser possível, mas eles não mostram o lixo que é a vida desses atores, na maioria das vezes são pessoas vazias sem Deus sem salvação, sem vidas próprias, pois eles vivem com as luzes dos refletores, como se fosse carrapatos sugando energia de seus adoradores.
Na maioria das vezes são drogados, adoradores de falsos deuses, suas vidas são suas atuações e muitos já não sabem onde termina a realidade e começa a interpretação.
São esses os exemplos que você quer para suas filhas? Para seu lar? Quem assiste assas porcarias está abrindo a porta do lixão para dentro de sua casa, e digo mais ,de uma forma legal, pois você aceita isso dentro de seu lar.
Antes de terminar o jornal nacional ore a Deus e pergunte a ele se isso é algo bom para você e sua família estarem assistindo, se for possível faça um culto domestico de poucos minutos, ore por seus filhos, leia alguns versículos da palavra de Deus, dentro de seu lar tenho certeza que o aproveitamento será melhor do que essa porcaria de novela no seio de seu lar.viver a vida sem Deus é uma desgraça só leva para o inferno, o caminho do mundo e da perdição é largo,prefira o caminho estreito
Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;

PR.João Luis paim –
Março 2010

VINAGRE E SEUS BENEFÍCIOS