29 abril 2010

As Estradas Brasileiras pedem socorro

Pois é estive no meu estado Rio grande do sul,visitando meu pai que esta hospitalizado, foi uma viagem de carro mais de mil e quatrocentos e cinquenta quilômetros,é eu gosto de dirigir,por esse motivo escrevo esse artigo aqui em meu blog,reclamando o estado das estradas e dos pedagios absurdamente caros.
Estamos em ano de eleição e podemos pedir uma política de logística de estradas melhores que se apresenta agora a malha de estradas que existe por ai,e falo de um trecho que está no meu ver até regular pára bom.
Saída Rio de Janeiro via dutra, um dos poucos caminhos existente e acho que o único de quem mora no rio para são Paulo via estrada, pista dupla ,que é pouco com vários trechos com buracos, a pista está bem sinalizada , porem o pedagio é esurbritarte pelo excesso de buracos e obras na estrada.
paga-se de quem vai a São Paulo em torno de R$ 61,50 é muito caro por uma via cheia de caminhões e que não se pode trafegar direito.
As pessoas como eu que gosto de dirigir em estradas se decepciona com o numero de caminhões trafegando nessa estrada e em outras que vou relatar,a viagem poderia ser melhor se não houvesse um numero tão grande de caminhões nessas estradas, além de que eles provocam o maior numero de acidentes e seus motoristas são mal pagos, e geralmente são alcolatras e drogados,pode notar em paradas eles estão sempre bebendo e tomando rebite(droga que tira o sono).
A viagem se complica chegando em São Paulo ela pois a via dutra despeja seus veículos na marginal do tiete, multiplicando assim o movimento da cidade sem necessidade pois poderia haver uma rota que não precisasse passar por dentro de São Paulo.
Saindo de são Paulo entramos na Regis bittencourt uma rodovia pedagiadas em valores pequenos que varia entre R$1,50 a R$1,20 justo para automóveis havarios de São Paulo ao estado de santa Catarina existem cerca de doze ou mais pedagios desses,nada contra , esta rodovia está em bom estado porem quando chegamos na serra de São paulo para descer ao Paraná é uma trilha de milhares de caminhões ,um atrás do outros sem condições de ultrapassarem pois é serra mão única , mas o numero de carretas e caminhões é infinito.
Pergunto aos senhores políticos que estão no governo,será que não há um meio de transporte de mercadorias mais seguro e mais rápido do que caminhões?
Será que na Europa existe esse numero de caminhões absurdos? de maneira que chame a atenção de leigos no assunto pois fiquei simplesmente abismado, com o numero de carretas,é muitas , muitas.
O Brasil precisa urgente melhorias as suas opções de transportes, dando assim um desafogo as rodovias e parar com esse negocio de pedagio caro deste jeito no rio grande do sul os pedagios são mais caros ainda de seis reias oito, dez , absurdo,.
Precisa haver uma nova mentalidade em transportes para o Brasil,por exemplo as cargas podem ser despachadas para as cidades em trens podemos aplicar em novas rotas ligando o sul ao norte o leste ao oeste ,e nas cidades ser distribuída por caminhões pequenos e médios.
Outra opção é o transporte marítimo e pluvial, nosso pais é um pais rico em rios e mar, qual seria a dificuldade deste governantes de aprovarem uma maneira melhor de transportar ,pneus,roupas, alimentos,acessórios etc por trens?será tão difícil assim?
Creio que não , mas creio no interesse pela propina dos fabricantes de caminhões e acessórios,pelas grandes industrias que estão envolvidas nisso,quando tivermos um presidente ou presidenta de coragem ele ou ela vai tocar nessa ferida diminuindo assim o numero de caminhões nas estradas,e abrindo um leque para as ferrovia , e vias pluviais  repartindo assim o movimento das estradas brasileiras que são estradas assassinas digo, de motoristas assassinos podemos sim melhorar o país.
Mas recomendo a quem nunca viajou longas viagens de carro experimenta viajar pelo Brasil e você vai ver que eu estou dizendo é verdade, e depois saiba como é viajar nas auto estradas dos Estados unidos de costa a costa , tem caminhões mas em bem menor numero e organizado,com pedagios que fazem nossas estradas de piada.
O Brasil merece o melhor vote certo .
Abraço
João Paim
Rio de janeiro

20 abril 2010

A religião na futura civilização global

A religião na futura civilização global

Religião Global
Uma visão de mundo comum entre as religiões asiáticas e as originárias do Oriente Médio, que poderia servir como fundamento para trazer maior paz à aldeia global pluralista, ainda não existe.
Arno Froese
Li na revista "The Futurist":
O centro de qualquer civilização é sua cultura, e o cerne da cultura é a religião. Mais do que qualquer outro fator, a religião infunde na cultura um senso de percepção da realidade no mais amplo sentido da palavra, oferecendo explicações sobre as origens do Universo e dando significado à história e ao lugar que a humanidade ocupa nela. A religião define a natureza do bem e do mal e cria imagens de recompensa e punição na vida após a morte.
Não há uma religião dominante entre as 6,5 bilhões de pessoas que vivem atualmente na terra. No presente, a população global é dividida numa variedade de culturas originárias de múltiplas raízes religiosas. Apesar das centenas de religiões que existem em todo o mundo, aproximadamente 75% da população do planeta segue somente cinco das mais influentes religiões em termos de impacto global: cristianismo (2,1 bilhões), islã (1,3 bilhões), hinduísmo (900 milhões), budismo (360-376 milhões) e judaísmo (14-20 milhões). O cristianismo e o islã são encontrados em mais regiões do que todas as demais religiões. Juntos, eles englobam mais da metade da população mundial. Acrescente o hinduísmo, e duas dentre cada três pessoas no mundo pertencem a apenas três grandes tradições espirituais. Claramente, a religião é uma das maiores forças a impulsionar o futuro.
Isso significa que o processo de globalização, movido por forças tecnológicas, econômicas e políticas, tem que se integrar e enraizar nas diversas culturas do mundo.Como a religião se encontra no coração da cultura, isso sugere que o mundo fragmentado de religiões diversas, que permaneceu latente mas reemergiu no final da Guerra Fria, produzirá uma aldeia global fragmentada durante o século XXI, a não ser que as comunidades religiosas encontrem um caminho para avançar além dos seus antagonismos históricos. Como isso poderá ser feito?
Qualquer um que pesquisar as religiões mundiais em busca de uma base comum encontrará, cedo ou tarde, visões de mundo praticamente irreconciliáveis. As suposições contrastantes que as religiões asiáticas e abraâmicas fazem a respeito da realidade final – que Deus e o Universo são um (hinduísmo) ou que Deus e o Universo são separados (cristianismo e islã), que há múltiplos deuses (hinduísmo e xintoísmo), que Deus não existe (budismo) – impedem a possibilidade de uma síntese conceitual.
Resumindo, uma visão de mundo comum entre as religiões asiáticas e as originárias do Oriente Médio, que poderia servir como fundamento para trazer maior paz à aldeia global pluralista, ainda não existe. Se bem que tal visão de mundo comum poderá emergir em algum momento futuro, essa possibilidade continua tendo baixa probabilidade de realização. (The Futurist, 10/2006, p. 30)
Reproduzimos apenas uma parte desse artigo que foi publicado na revistaThe Futurist para mostrar que a religião é divisiva. Fundamentalmente, as religiões têm conceitos e visões de mundo. Percebemos que esses estudos indicam o claro desejo de reconciliação em nível terreno por parte do ser humano. Portanto, o autor do artigo pergunta com razão: “ Como isso poderá ser feito?” De acordo com as profecias bíblicas, a unidade mundial, particularmente religiosa, será alcançada em nível econômico. A respeito, temos de ler Apocalipse 18.3: “Pois todas as nações têm bebido do vinho do furor da sua prostituição. Com ela se prostituíram os reis da terra. Também os mercadores da terra se enriqueceram à custa da sua luxúria”. Esse versículo refere-se ao engano religioso, revelado nas palavras “vinho” e “prostituição”, e a economia global, “os mercadores da terra [que] se enriqueceram à custa da sua luxúria”.Em outras palavras: a economia global forçará a união das religiões. Sem dúvida, o “igrejismo” (o cristianismo nominal), a maior religião e fatia populacional mais próspera, será o fator dominante.
O budismo e o hinduísmo já penetraram efetivamente no “igrejismo” através da yoga, das artes marciais e de várias formas de meditação. Neste momento, o maior obstáculo parece ser o islã, apesar dessa religião, aparentemente, apresentar pontos comuns com o cristianismo e o judaísmo.
O autor do artigo citado prossegue em seu texto: “Até 2025, o exclusivismo aumentará. Entre 2025 e 2050, o pluralismo o substituirá gradualmente”. É claro que o período indicado é puramente especulativo, mas o pluralismo está definitivamente na moda e, no final, vai alcançar todo o globo, levando ao cumprimento de Apocalipse 13.8: “e adorá-la-ão [a besta] todos os que habitam sobre a terra...” (Arno Froese -http://www.chamada.com.br)
Publicado anteriormente na revista Chamada da Meia-Noite, março de 2008

11 abril 2010

Assunto: Olhe o que uma escritora holandesa falou do Brasil...‏

 
LEIA O QUE UMA ESCRITORA HOLANDESA FALOU DO BRASIL
MAS, LEIA COM BASTANTE ATENÇÃO!!!

Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente
parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos
positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos,
enquanto no Brasil se maximizam os negativos. Aqui na Holanda, os
resultados das eleições demoram horrores porque não há nada automatizado.

Só existe uma companhia telefonica e pasmem!: Se você ligar reclamando do
serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado. .


Nos Estados Unidos e na Europa, ninguém tem o hábito de enrolar o
sanduíche em um guardanapo - ou de lavar as mãos antes de comer. Nas
padarias, feiras e açougues europeus, os atendentes recebem o dinheiro e
com mesma m ão suja entregam o pão ou a carne.

Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas
enroladas em folhas de jornal - e tem fila na porta.

Na Europa, não-fumante é minoria. Se pedir mesa de não-fumante, o garçom
ri na sua cara, porque não existe. Fumam até em elevador.

Em Paris, os garçons são conhecidos por seu mau humor e grosseria e
qualquer garçom de botequim no Brasil podia ir pra lá dar aulas de 'Como
conquistar o Cliente'.

Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem
suas crenças e cultura. Se você parar para observar, em todo filme dos
EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos
emotivos.

Vocês têm uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a
língua portuguesa, é chamada de língua portuguesa, enquanto que as
empresas de software a chamam de português b rasileiro, porque não
conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da língua
Portuguesa.

Os brasileiros são vitimas de vários crimes contra a pátria, crenças,
cultura, língua, etc... Os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos
muitas razões para resgatar suas raízes culturais.

Os dados são da Antropos Consulting:

1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de
outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.

2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do
Projeto Genoma.

3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do
Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária.

4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE)
estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em
menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou a
atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a
apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o
resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.

5.. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros
representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.

6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se
instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma. 7. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando.

8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com
650 mil novas habilitações a cada mês.

Na telefonia fixa, o país ocupa a quinta posição em número de linhas
instaladas.

10. Das empresas brasileiras, 6..890 possuem certificado de qualidade
ISO-9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina.

11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros
executivos.

Por que vocês têm esse vício de só falar mal do Brasil?

1. Por que não se orgulham em dizer que o mercado editorial de livros é
maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?

2. Que têm o mais moderno sistema bancário do planeta?
3. Que suas agências de publicidade ganham os melhores e maiores prêmios
mundiais?

4. Por que não falam que são o país mais empreendedor do mundo e que mais
de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu
tempo em trabalhos voluntários?

5. Por que não dizem que são hoje a terceira maior democracia do mundo?

6. Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios
membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?

7. Por que não se lembram que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro,
que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede
esforços para atendê-los bem?

Por que não se orgulham de ser um povo que faz piada da própria desgraça
e que enfrenta os desgostos sambando.

É! O Brasil é um país abençoado de fato.
Bendito este povo, que possui a magia de unir todas as raças, de todos os
credos.

Bendito este povo, que sabe entender todos os sotaques.
Bendito este povo, que oferece todos os tipos de climas para contentar
toda gente.
Bendita seja, querida pátria chamada Brasil!!

Divulgue esta mensagem para o máximo de pessoas que você p uder. Com essa atitude, talvez não consigamos mudar o modo de pensar de cada brasileiro, mas ao ler estas palavras irá, pelo menos, por alguns momentos, refletir e se orgulhar de ser BRASILEIRO!! !
 

07 abril 2010

chuvas no Rio de Janeiro

Moro no Rio de janeiro e esses dois dias que passamos aqui foi de uma chuva intensa e devastadora,muitas pessoas até o momento perderam a vida,e o pior muitas delas ainda não tinham com senhor e salvador o nos Jesuus em suas vidas .



Vidas que foram ceifadas de uma hora para a outra, não estavam doente em hospitais, estavam em suas casas e derrepente uma enchorrada de terra leva a casa, minha questão aqui é perguntar de quem é a culpa disso tudo?



Os governantes estão culpando os moradores,pois constroem suas casas em encostas de morros em area de risco,os moradores culpam os governantes que deixam as pessoas construirem suas casas nesses locais.









É muito facil chegar para famílias e dizer vocês estão erradas por isso ou por aquilo,mas as condições desta família ?elas estão ali por que querem ou porque necessitam?









O culpado disso tudo é o pecado que separa o homem de Deus, você pode até dizer não podemos espiritualizar tudo,será mesmo?









Veja como eu vejo isso tudo,vereadores deputados senadores quando querem ser eleitos fazem pactos com o povo,empresas,com outros politicos que por sua vezes fazem pactos com mais pessoas para beneficiar quando eleitos aqueles que ajudaram em suas campanhas.



por exemplo eu tenho uma empresa de construção,elegi um deputado que vai com outros fazerem presão para que quando tiverem uma obra colocarem minha empresa lá, com concorrencia ou não, mesmo que isso tenha que ser subornado, ajeitado,para que meu amigo esteja nessa obra.



Quando isso ocorre há um primeiro desabamento de terra sobre as pessoas que pagam seus impostos, e que votaram nesse camarada, para ele representar o povo em assembleia,mas ele esquece do povo e ve só os seus interreses .



Essa empresa vai construir uma estrada ou um obra grande em que milhões de reias iram ser desviados das necessidades reias da população,por ganancia ,egoismo,e avaresa ,o deputado ou veriador ganha, do empresario ganha,os lobistas ganham os que trabalham para esses deputados em casa só ganhando assinando seu ponto sem ir ao trabalho,um dinheiro que não recebem, ganham isso é uma roda viva em que o pobre sempre se dão mal.



Seria impossivel resolver os problemas dos morros?



Claro que não se ouvesse interesse politico ,mas muitas pessoas estão morrendo nas estradas pois o dinheiro que era para duplicar as estradas estão nos bolsos dos politicos,dos empresarios corruptos e corruptores ,infraestrutura que não existe acontece o que está havendo nos morros do rio de janeiro que tem muitos morros .



Porto alegre tem um exemplo de como devemos cuidar dos morros, lá foi criado o orçamento participativo onde o povo vota em que obra deve ser feita,vou descrever isso sem dizer que gosto deste ou daquele partido que na verdade não gosto de nenhum .



Mas os morros de porto alegre receberam a atenção da população,e dos politicos ,foi feita uma obra de infra estrutura , de saneamento básico,asfalto nas ruas como deve ser feito ,com uma rede de esgoto pluvial que é para chuvas.



Locais que eram de risco as familias foram retiradas e plantaram matas nativas no local,escadarias foram criadas em locais de dificil ascesso,e recolhimento de lixo nos morros.



Há e um detalhe, os morros contam com o recolhimento do lixo seletivo,que vai para uma cooperativa que emprega pessoas da comunidade,assim não há lixo nas ruas nem lixões nos morros para não sujarem a cidade .



diga-se de passagem que o povo lá é mais educado que o carioca em comparação ao lixo,andamos nas ruas de porto alegre e não encontramos lixo nas ruas,a cidade é bem menor que o rio é certo mas tinha problemas em porproções iguais ao rio quando chovia , havia alagamento,mas foi construido galerias imensas por toda a cidade locais que alagavam não alagam mais ,isso é uma lição para nós que moramos aqui no rio .



Mas por enquanto viveremos ainda com essa desvantagem enorme perante a chuva e aos politicos que só pensam e si mesmo e em seus amigos.



o pecado tem seu salario e a biblia diz que é a morte romanos 6-23



o povo sofre por meia duzia de pessoas que poderiam melhorar a situação e que deixam de usar o dinheiro puplico para os fins que deveriam ser usados,e usam para seus prórpios deleites.



Oremos pela cidade do Rio de janeiro, linda, maravilhosa, mas cheia de problemas .



grande abraço.

VINAGRE E SEUS BENEFÍCIOS