Pepsi reconhece que um dos seus refrigerantes dissolve até ratos


pepsi 150x150 Pepsi reconhece que um dos seus refrigerantes dissolve até ratosAs bebidas gaseificadas podem danificar os esmaltes dos dentes, e dissolver um rato por completo.  Assim afirmou a Pepsi, um gigante de refrigerantes, citando a natureza extremamente corrosiva de seu brilhante produto verde, de sabor cítrico,  em um esforço para defender-se contra uma ação judicial por danos pessoais.
Conforme publicado no The Independent, Ronald Ball, 52 anos, de Wisconsin, afirma que em 2009 comprou uma lada de Mountain Dew, em uma maquina de venda automática, ao beber o refresco se sentiu tão mal que “começou a vomitar.” Quando mais tarde examinou o recipiente, teria encontrado dentro um rato morto.
Para defender se contra a reivindicação de 50 mil dólares, a Pepsi contratou um veterinário, Lawrence McGill, para realizar uma autopsia detalhada. Em uma apresentação ao tribunal, o veterinário, disse que o rato não estava suficientemente decomposto para ter passado um tempo significativo dentro de uma lata de Moutain Dew, uma bebida associada com esportes radicais.
Observando a elevada acidez da bebida, o veterinário disse que, após 30 dias, o roedor teria se “desintegrado” e tornaram-se numa “substancia gelatinosa”.
Em 2003, a Associação Odontológica Britânica alertou que as empresas de refrigerantes deveriam alterar a composição de seus refrigerantes e reduzir a sua acidez. A razão para esta recomendação é os danos que essas bebidas causam no esmalte dos dentes, deixando-o mais vulnerável à temida cárie.
“A erosão dos dentes parece estar aumentando e os refrigerantes têm um papel fundamental neste processo. Como não podemos convencer as pessoas a parar de tomar estes produtos, apoiamos a investigação para encontrar maneiras mais seguras”, explicou Liz Kay, membro da associação em 2003.

Comentários

Postagens mais visitadas